dia da:

11 DE junho, DIA DA BATALHA NAVAL DE RIACHUELO

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Darlan Romani fica em quinto e quebra recorde brasileiro no arremesso de peso

Rio 2016

18/08/2016 22h30
Brasília
Ivan Richard - Repórter da Agência Brasil

O catarinense Darlan Romani terminou a final do arremesso de peso em quinto lugar Reuters/Kai Pfaffenbach/Direitos Reservados 

Na primeira final olímpica do arremesso de peso masculino com a presença de um brasileiro, o catarinense Darlan Romani, 25 anos, ficou na quinta colocação no esporte na Rio 2016. Em seu primeiro arremesso na final, Romani atingiu 21,02 metros, superando pela segunda vez no dia o recorde brasileiro. Na fase classificatória, ele já havia batido o recorde nacional ao lançar a bola de 7,26 quilos a 20,94 metros.

O ouro da categoria ficou com norte-americano Ryan Crouser, 23 anos, que quebrou o recorde olímpico com a marca de 22,52 metros. A prata também foi para os Estados Unidos, com Joe Kovacs, 27 anos, que arremessou a bola de ferro a 21,78 metros. O neozelandês Tomas Walsh, 24 anos, ficou com o bronze, ao fazer a marca de 21,36 metros.

O Brasil não participava da prova do arremesso de peso masculino em uma olimpíada há 80 anos. A última vez que um brasileiro esteve na prova foi em Berlim, em 1936, com Antônio Pereira Lira. Antes, apenas José Galimberti e Otávio Zani, em Paris, em 1924, haviam representado o país na prova. A modalidade está nos jogos desde a primeira Olimpíada da Era Moderna, em Atenas (1896).
Edição: Luana Lourenço

Fonte: Agência Brasil