dia da:

11 DE junho, DIA DA BATALHA NAVAL DE RIACHUELO

segunda-feira, 28 de julho de 2014

CET-Rio prevê trânsito pior à tarde após manhã caótica na Zona Portuária

28/07/2014 12h34 - Atualizado em 28/07/2014 13h08

Esta segunda é o 1ª dia útil com nova interdição na Av. Rodrigues Alves.
Prefeitura pede que população utilize transporte público.

Do G1 Rio


A manhã desta segunda-feira (28) já foi de trânsito parado nos acessos ao Centro do Rio devido à nova interdição em trecho da Avenida Rodrigues Alves, mas a previsão da CET-Rio é de que a volta para a casa seja ainda pior, segundo presidente Cláudia Sessim.
"É a etapa mais difícil porque essa interdição se soma às interdições que já foram feitas lá atrás (...) 

Tivemos uma manhã trânsito mais complicado, como já era previsto também pode conta do tempo chuvoso. Esse trânsito vai piorar, no pico da tarde, porque as saídas do Centro da cidade vão estar muito complicadas", disse, em entrevista ao RJTV.

Caos pela manhã
A interdição na Zona Portuária é para o desmonte do último trecho do Elevado do Perimetral. Desde as 6h30 o trânsito já tinha retenções no Viaduto do Gasômetro e na Via Binário do Porto, no sentido Centro. A situação só começou a melhorar após as 10h30. Motoristas reclamaram da falta de informação.

O trecho interditado da Avenida Rodrigues Alves só deverá ser reaberto no segundo semestre de 2015, de acordo com a prefeitura. Com a mudança, mais de 200 linhas de ônibus tiveram o trajeto modificado e ruas sofreram alterações de sentido.

Motorista encontra trânsito carregado na chegada ao Rio pela Ponte Rio-Niterói (Foto: Ale Silva / Futura Press / Estadão Conteúdo)
Motorista encontram trânsito ruim na chegada ao Rio (Foto: Ale Silva / Futura Press / Estadão Conteúdo)


Desde as 7h30 até as 10h, o reflexo do trânsito na Avenida Brasil chegava ao cruzamento com a Linha Amarela, na altura de Bonsucesso, somando quase 8 quilômetros de retenção. A Linha Vermelha era a melhor opção, apesar de também apresentar lentidão.

A travessia da Ponte Rio-Niterói também foi afetada. Às 8h30, o tempo do percurso no sentido Rio, que sem trânsito dura 13 minutos, chegava a 43 minutos. O congestionamento, segundo a concessionária CCR, ia do vão central até a chegada à capital fluminense. Às 9h40, a situação foi melhorando, com a travessia estimada em 25 minutos. Às 11h30, o tráfego foi normalizado.

O ponto mais complicado da Zona Portuária por volta das 10h era a Rua Comandante Garcia Pires, atrás da Rodoviária Novo Rio, que recebia muito carros da Via Binário do Porto em direção à Avenida Brasil.

O trânsito ficou lento também na Avenida Dom Hélder Câmara e na Rua Leopoldo Bulhões, em Benfica, no Subúrbio. O mesmo aconteceu na Avenida Presidente Vargas, na altura do edifício dos Correios, em direção ao Centro, e no acesso ao Túnel Santa Bárbara. Na Zona Norte, o deslocamento até o Centro também ficou complicado. Na Avenida Radial Oeste, houve lentidão na altura do Maracanã e na Praça da Bandeira.

As melhores opções para os motoristas com direção ao Centro eram seguir pelo Túnel Santa Bárbara, no sentido Catumbi; pela Via Binário, no sentido Gasômetro; e pelo Aterro do Flamengo, na Zona Sul.

Aumento da demanda nas Barcas
A CCR Barcas informou que transportou 40 mil passageiros até as 10h. A demanda representa um aumento de 5% em relação à média das segundas-feiras de julho do ano passado.

Recomendações
O secretário de transportes Alexandre Sansão reforçou o pedido para que a população opte por transporte público nesta segunda, especialmente por causa da chuva que complicava ainda mais o trânsito.


“Quem vem de Niterói, pode usar as barcas e da Zona Norte pode seguir por metrô ou trens. A principal mensagem é utilizar transporte público para que o trânsito não fique pior, especialmente por ser um dia de chuva”, disse Sansão.
Mapa do último trecho da Perimetral que será demolido (Foto: Arte/G1)


Novas rotas
Com as alterações, quem segue pela Avenida Brasil para acessar a Avenida Rodrigues Alves agora tem que passar pela Rodoviária Novo Rio até a Rua Comandante Garcia Pires e, depois, pela Rua Santo Cristo. Já os motoristas que seguem pela Via Binário do Porto para acessar a Avenida Rodrigues Alves, no sentido Avenida Brasil, devem seguir até o viaduto do Gasômetro.

As ruas Cordeiro da Graça e Mendonça tiveram mão invertida para Via Binário do Porto e Rua Santo Cristo, respectivamente. As ruas Santo Cristo – entre a Via D1 e Rua Equador – e Comandante Garcia Pires – entre Rua Equador e Avenida Francisco Bicalho – passaram a funcionar em mão dupla. A Rua Pedro Alves ficou com sentido único, em direção à Rua Santo Cristo.

Mudanças no trânsito
- Interdição da pista da Avenida Rodrigues Alves sentido Centro: o tráfego proveniente da Avenida Brasil somente pode entrar na Região Portuária via acesso da rodoviária que leva à Rua Comandante Garcia Pires e, depois, à Rua Santo Cristo. Além desta opção, veículos podem acessar a pista lateral da Avenida Francisco Bicalho no sentido Centro.

- Interdição da pista da Avenida Rodrigues Alves sentido Avenida Brasil: veículos provenientes do Centro pela Via Binário do Porto e que dobram à direita na Avenida Professor Pereira Reis para acessar a Avenida Rio de Janeiro pela Avenida Rodrigues Alves não terão mais esta opção. Deverão seguir em frente na Via Binário do Porto até a alça de subida ao viaduto do gasômetro, após a Rodoviária Novo Rio.

- Inversão da mão da Rua Cordeiro da Graça: passa a funcionar no sentido da Rua Santo Cristo para a Via Binário do Porto.

- Implantação de mão-dupla no trecho da Rua Santo Cristo entre a Via D1 e a Rua Equador.

- Implantação de mão-dupla na Rua Comandante Garcia Pires no trecho entre a Rua Equador e Avenida Francisco Bicalho.

- Inversão da Rua Mendonça: passará a operar no sentido da Avenida Cidade de Lima para a Rua Santo Cristo.

- Implantação de sentido único na Rua Pedro Alves em direção à Rua Santo Cristo.

- Na ligação Avenida Brasil ou Ponte Rio-Niterói para o Túnel Santa Bárbara, a chegada deverá ser preferencialmente pelo Viaduto do Gasômetro em direção à Via Binário do Porto. Veículos seguirão pela Via Binário do Porto, Avenida Professor Pereira Reis, Avenida Cidade de Lima, Rua Mendonça, Rua Santo Cristo, Viaduto Trinta e Um e Março e Túnel Santa Bárbara.

- Na ligação Avenida Brasil ou Ponte Rio-Niterói para o Centro, a chegada deverá ser preferencialmente pelo Viaduto do Gasômetro em direção à Via Binário do Porto. Veículos seguirão pela Via Binário do Porto, Avenida Venezuela e Avenida Barão de Tefé. No retorno, quando procedentes da Via Binário do Porto, deverão seguir pela Via Binário do Porto até a alça de acesso ao Viaduto do Gasômetro após a Rodoviária Novo Rio.

- No acesso à Rodoviária Novo Rio, motoristas que chegam da Avenida Brasil ou da Ponte Rio-Niterói em direção à rodoviária (inclusive estacionamento), deverão subir o Viaduto do Gasômetro, acessar a Via Binário do Porto e seguir a Rua Cordeiro da Graça e retornar pela Via Binário do Porto.

- No acesso à Rodoviária Novo Rio, motoristas que vêm do Túnel Rebouças ou da Praça da Bandeira em direção ao setor de desembarque ou ao estacionamento da rodoviária devem usar a Rua Comandante Garcia Pires, Rua Santo Cristo, Rua Cordeiro da Graça e Rua Equador. Veículos procedentes da Avenida Presidente Vargas que se dirigem à rodoviária podem seguir pelas vias D1 e D2, Rua Pedro Alves, Rua Cordeiro da Graça e Via Binário do Porto pela Rua Equador.

Itinerário dos ônibus
Com o fechamento do trecho da Rodrigues Alves, muitos ônibus tiveram seus itinerários alterados. As linhas municipais da Avenida Brasil com destino à Região Portuária que sofrerão alteração são: 265, 315, 322, 349, 350, 351, 355, 361, 367, 374, 376, 377, 384, 385, 396, 483, 2101, 2112, 2304, 2330, 2331, 2332 e 2346. Veja aqui os novos itinerários das linhas municipais.

Estes ônibus e linhas intermunicipais no sentido Praça Mauá deixam de passar nos pontos da Avenida Brasil a partir da Passarela 3 e seguem para o Viaduto do Gasômetro e Via Binário do Porto (Rua Equador), no sentido Centro. O novo ponto de parada é na Via Binário do Porto (Rua Equador), entre a Rua Cordeiro da Graça e Avenida Professor Pereira Reis. Exceto a linha 265, que terá o seu itinerário alterado para a Rua Santo Cristo.

No sentido Avenida Brasil, os novos pontos de parada ficarão na Rua General Luís Mendes de Morais, ao lado do Terminal Padre Henrique Otte. As linhas intermunicipais que vêm da Baixada Fluminense pela pista lateral da Avenida Brasil não chegarão ao Centro, pois retornam no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into).

As linhas intermunicipais 1955B, 1956B e 2955B - que atualmente passam na Rua Santo Cristo - terão itinerários alterados para a Via Binário do Porto (Rua Equador). As linhas 404, 445 e 483 no sentido Zona Norte e 750D, 751D, 1750D e 2750D no sentido Niterói terão rotas alteradas para o Elevado 31 de Março, Avenida Presidente Vargas (pista lateral), Avenida Francisco Bicalho (pista lateral), Avenida Rio de Janeiro. O ponto destas linhas será na Avenida Francisco Bicalho (pista lateral), próximo à Unidos da Tijuca. Veja aqui o novo itinerário das linhas intermunicipais.

Rotas alternativas
Avenida Brasil-Centro e Tijuca: Avenida Brasil, Rua Célio Nascimento (acesso ao bairro de Benfica), Rua Couto de Magalhães, Rua Senador Bernardo Monteiro, Rua Visconde de Niterói, Viaduto Agenor de Oliveira (Viaduto da Mangueira), Radial Oeste, Praça da Bandeira.
Linha Vermelha-Tijuca: Linha Vermelha, Campo de São Cristóvão, Rua São Luiz Gonzaga, Rua Chaves Faria, Rua Catalão, Rotary Internacional, General Herculano Gomes, Viaduto Oduvaldo Cozzi, Avenida Maracanã.

Avenida Brasil-Rebouças: Avenida Brasil, Rua Bela, Campo de São Cristóvão, Viaduto Professor Rufino de Almeida Pizarro, Elevado Engenheiro Freyssinet (Elevado Paulo de Frontin), Túnel Rebouças.

Centro-Linha Vermelha: Presidente Vargas, Praça da Bandeira, Rua Ceará, Rua Francisco Eugênio, Rua José Eugênio, Rua Almirante Balthazar, Avenida Rotary Internacional, Avenida do Exército, Campo de São Cristóvão.

Centro-Avenida Brasil: Presidente Vargas, Praça da Bandeira, Rua Ceará, Rua Francisco Eugênio, Rua José Eugênio, Rua Almirante Balthazar, Avenida Rotary Internacional, Rua Dom Meinrado, Rua São Luiz Gonzaga, Prefeito Olympio de Melo, Viaduto Ataulfo Alves, Avenida Brasil pista lateral sentido Zona Oeste.

Metrô com frota máxima
O MetrôRio vai operar com a sua frota máxima de 49 trens e 1,2 milhão de lugares por dia útil para atender à demanda que deverá aumentar com a interdição da Avenida Rodrigues Alves. A concessionária dará continuidade ao esquema adotado desde outubro de 2013 para auxiliar o plano de mobilidade urbana para o Centro durante as obras na região do Porto. O sistema vem operando com novo horário de pico, entre 5h30 e 10h30, de manhã, e 15h e 20h, de tarde. Desde o fechamento da Perimetral, foi registrado aumento diário de 5% em média, correspondente a 40 mil pessoas. Destas, apenas 30% embarcaram no sistema no horário de pico, o restante foi diluído ao longo do dia, explicou o MetrôRio
Veja as onde ficarão os pontos de cada linha de ônibus (Foto: Divulgação)
Veja onde ficarão os pontos de cada linha de ônibus (Foto: Divulgação)


  1. Fonte: Internet - G1.com/